debate OAB Volta Redonda

Debate do MEP-VR reúne dois candidatos à presidência da OAB-VR

Na noite de ontem (11), ao vivo na página do facebook do MEP-VR, convidados previamente, dois candidatos à presidência da OAB-VR participaram do debate promovido pelo Movimento – presentes a  Dra. Carolina Patitucci (chapa 2), e o Dr. Rodrigo Vitorino (chapa 3). O  Dr. Rodrygo Monteiro (chapa 1), justificou ausência.  

O debate, mediado por Amanda Mattos, Conselheira no MEP-VR e presidente do CADOM-UFF, contou com os apoios do Dr. Luiz Gustavo Cavalcanti, Pedro Paulo Vidal e Davi Souza, Conselheiros no Movimento. Os professores Carlos Oliveira e Carlos Eduardo Cunha, respectivamente representantes das Faculdades de Direito da UGB-FERP e UFF- Campus Aterrado também participaram. A UniFOA justificou a ausência.

Amanda, na saudação inicial agradeceu e cumprimentou os participantes. – Agradeço a equipe do MEP-VR pela estruturação do inédito debate, aos candidatos que aceitaram estar conosco, aos nossos convidados das Faculdades de Direito, com mais de cinco anos atuando em Volta Redonda e a todos que nos assistem. Esperamos de todos o respeito para uma boa condução do debate, em especial na referência da ética e na defesa da democracia. O momento oportuniza aos candidatos estabelecer diálogo, não só com a advocacia, mas também com a sociedade. Sabemos que as relações institucionais e entre as pessoas andam fragilizadas. Que tenhamos todo cuidado para não aguçar tais conflitos no nosso debate. – observou Amanda, que na sequência deu início aos 5 blocos do debate.

Bloco 1: Por meio de sorteio, a Dra. Carolina e o Dr. Rodrigo, fizeram suas considerações iniciais. Ambos ressaltaram a importância da inédita iniciativa do Movimento e falaram de seus propósitos.

Bloco 2: Pedro Paulo Vidal, pelo Movimento, formulou pergunta única aos candidatos e indagou sobre a relação da OAB com as questões ligadas às minorias e os empobrecidos, que seguiu aglutinada de como a OAB tratará o funcionamento dos conselhos de direitos na cidade. Ambos responderam, com direito a réplica.

Bloco 3: Momento da participação dos representantes das Faculdades de Direito, com perguntas aos candidatos. O Prof. Dr. Carlos Oliveira, da UGB-FERP, indagou sobre as propostas das chapas para os jovens advogados e estagiários. O Prof. Dr. Carlos Oliveira, da UFF, perguntou sobre as ações dos candidatos em relação aos Direitos Humanos em Volta Redonda. Ambos candidatos responderam a mesma questão. Os candidatos responderam e também comentaram a resposta um do outro, momento que fez surgir uma leve tensão entre os dois candidatos. 

Bloco 4: Espaço para perguntas dos candidatos entre si e com direito a réplica. Nas perguntas os temas prerrogativas dos advogados, ‘partidarização da OAB’, postura ética dos candidatos, compromissos com a advocacia e a sociedade, foram pontuados pelos dois candidatos, tanto nas perguntas como nas réplicas. O clima em dado momento se agitou, quando um dos candidatos lembrou de algo folclórico nas relações forenses. A expressão ‘trocar a maçaneta’ da sala de audiência, veio à baila nas falas, quando debatiam as sobre as prerrogativas dos advogados. Neste momento, tanto o Dr. Carlos Eduardo e o Dr. Luiz Gustavo, Conselheiro e assessor jurídico do MEP-VR, esclareceram a situação da história da ‘maçaneta’ para ajudar os internautas a entenderem a questão.

Bloco 5: No momento final, agradecimentos e considerações finais dos dois candidatos. Ambos agradeceram a oportunidade, pediram votos e apoio dos internautas. Amanda Mattos, em nome do MEP-VR, fez as considerações finais e deu por encerrado o inédito debate.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.